Comerciante é executado e pistoleiros podem ser os mesmos que mataram sobrinho

Foto: PoraNews

Comerciante identificado como Adarcio Sanches Allende, de 56 anos, foi executado na tarde desta quinta-feira (05), no município paraguaio de Pedro Juan Caballero, na linha internacional com Ponta Porã. A suspeita é de que os criminosos sejam os mesmos que assassinaram o sobrinho dele na terça-feira.

De acordo com o site Porã News, Adarcio estava sentado na frente do comércio no bairro São Pedro, quando os executores chegaram de moto e atiraram cinco vezes com pistola calibre 9 milímetros. Atingido na cabeça, mãos e braços, ele não resistiu e morreu no local. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), para exame necroscópico.

Adarcio seria tio de Wilson Roberto Sanchez, de 32 anos, que foi perseguido por motociclistas e assassinado com 22 tiros de pistola na manhã de terça-feira, no bairro Santa Fé, também em Pedro Juan Caballero. A suspeita é de que os casos estejam ligados, mas até o momento não há informações que apontem para autoria e motivação dos crimes.